Vai Surgir – Braza

Letra da Música Vai Surgir. Acesse as músicas mais tocadas e lançamentos de Braza.

A ditadura à paisana, elite provinciana
O novo “novo” não engana, sociedade doente
80 tiros na gente, isso não é acidente
A narrativa desmente, e afirma que a Terra é plana

Há uma vela acesa na escuridão
Viva no Boi-Bumbá, viva no São João
É que bambu enverga, mas não quebra não
Take it easy, porque da crise vem a criação

Pedras vão virar pó
Vai desatar o nó

Vai surgir, vem de todo lado
Eu digo:
Vai brotar, ressignificado
Para reunir
Tudo que já está em nós

A invasão foi covarde, a chicotada ainda arde
Espoliada até tarde, ainda tem gente que nega
O egoísmo segrega, juízes burlam a regra
E um fanatismo nos prega pretensiosa verdade

Qual desculpa pra justificar
O que jamais se justificará?
Passa pano pra normatizar
Mas um dia a história vai cobrar

Pedras vão virar pó
Vai desatar o nó

Vai surgir, vem de todo lado
Eu digo:
Vai brotar, ressignificado
Para reunir
Tudo que já está em nós

Share
Share