Sobrenatural – Sidoka

Sobrenatural – Sidoka (Letra e Música para Ouvir)

se o sobrenatural não existe
como eu ando nuvens
como eu curo pessoas sem ter feito medicina
como eu viajo países com palavras
eu te tirei da depressão mas acostumei com a pressão do mundo
como me eternizo se um dia eu vou morrer
pode passar tempo que for
eu deixei minha marca
no trap
mas não deixei pegadas
pegou a referência?

[Refrão]

depois daquele noite nunca mais me viu chorando
desculpa pela falta que voce que tem sentido
ye

ela fode muito mano eu nao to brincando
ela sabe do perigo nessa luva do menino

desabilitado fechado, sobe esse vidro
ele incomodado, e sua vida n tem sentido
um milhão no corpo
diamante
te cega o brilho

ela fala baixo
sacanagem no ouvido

airmax
compra na farfetch
ela ta mentindo
e fingindo que nao conhece
meu mizuno eu memo customizei
porem mano acostumei
arrependo aue confiei

detalhe que é minimo
ta tornando um simbolo
ce ja olhou no espelho
e percebeu seu infinito po

sei que o sobrenatural existe
isso me motiva algumas vezes nao ta triste

memo se morro
eternizado aqui eu fico
ninguem te perguntou
se vc nao gostou do pixo

inacreditável mas ele supera o foco
esse é meu taxi mano
meu helicoptero

prefiro ficar em silêncio
perante falta de senso
licença, que eu to passando
é serio
ce ta me vendo

eu me demiti
com a camisa do boca junior
mano eu sabia que deus tinha planejado

nunca tinha duvidado
mae eu trouxe esse malote
talento com esforço
bondoso puro deboche

eu sou o brilho
tenta me ofuscar
kit muito caro de fato
de chatear
desculpa nao confiar
eu vi sua maldade no olhar

Lançamento de Músicas Janeiro 2023

Acesse as paradas do Musicas Mais Tocadas e Lançamentos.

Share
Share