Sem Caô – Jall, Donatto

Letra da música Sem Caô. Acesse as músicas mais tocadas e lançamentos de Jall, Donatto.

Quando eu ligar você vem
Já sabendo que hoje tem
Ninguém precisa saber de nós dois

A proposta vai além
Daquele simples porém
E foda-se o depois

Então senta sem caô ô ô ô (4x)


Tá me deixando louco, maluco pirado
Essa mina ela desce ela sobe
Ela pede de quatro

Comigo esqueceu do seu ex namorado
Ela fala “Viana quando cê volta?”
Doida pra me ver pra fuder na onda
Naipe de bandido é o que ela gosta

Fala que me ama e quer que eu responda
E eu respondo mesmo
Ela pede pra sentar e nem quer meu dinheiro

Fala que eu sou vagabundo
Vagabundo mesmo
Fala quem te fez gozar se pá fui o primeiro

Então desce aquece
Rebola vem de quatro
Q o Viana taca forte faz esquecer


Talvez eu não fale tanto
Mas sabe que eu me orgulho da mulher que você é
Ontem foi difícil, mas hoje não tem mais pranto
Entra na BM, que hoje eu não tô mais à pé

Graças a deus escrever pra você
Me deu uma condição de não precisar mais
Roubar perfume da loja do shopping
Ficar devendo pra tu e seus pais

Sinto que eu te conto pouco
Se eu contar mais cê vai me achar louco
Cê todo certa e eu todo errado
Me desculpa é que eu não consigo ser outro
Desculpa o atraso, desculpa a ausência
Não é pouco caso, minha frequência
Tá dependendo de quanto eu vendo
Ninguém paga conta com experiência

Mas eu faço uns conto se eu canto o conto
Que naquele canto cê me inspirou
A escrever o que as redes sociais compartilham
Dizendo se tratar de amor

Amor, independente de qualquer outra coisa
Que atinja nosso compromisso
Saiba que o que eu sinto já não é amor
Pois já faz muito tempo que é mais do que isso

Quando eu ligar você vem
Já sabendo que hoje tem
Ninguém precisa saber de nós dois

A proposta vai além
Daquele simples porém
E foda-se o depois


Então fica de quatro novinha
Vai começar a sacanagem
Putaria no vidigal
Vamos fuder olhando a paisagem

Ela chegou na base
Cheia de maldade me chamando de amor
Pode ficar à vontade mina
Você sabe que eu não nego fogo, não nego fogo não
Então brota na base mina
Você sabe que eu não nego fogo

Então senta sem caô ô ô ô (4x)

Vem, vamo embora
Sua bunda é relógio, perdi a hora
Mesmo de manhã, você rebola

Me embola num gingado
Que eu sempre te falo bora
E você me fala bota
Te boto com emoção e você goza

É de coração a minha prosa
Dois puto na cama do jeito que você gosta
Na rua casal perfeito do jeito que sua mãe aprova

Então me beija relaxa e senta
Agacha rebola em câmera lenta
Donatto controla quando tu tá tensa

Tu me entende quando falo
Que teu corpo me complementa
Sou apaixonado na sua bunda imensa
Romântico safado te faço poema

Que coisa mais linda
Gata de Ipanema
Eu sou sua resposta
Então me chama no problema


Pique vagabundo pra ver a donzela
Mal sabe que me arrumei pra comer ela
Disse que era o Stefan e nem acreditou
Ela pediu áudio e o baby mandou

Só vem linda sem calcinha
Por um dia te satisfazer
Deseja quando beija e sente meu calor
Apago se você não me chamar de amor

Abre as pernas quando sente o meu cheiro
Toquei pra você no pique bandoleiro
Corre tira a roupa logo ligeiro
Tu queria que eu fosse o primeiro

Toma descanso round terceiro
O maior prazer do mundo inteiro

Quando eu ligar você vem
Já sabendo que hoje tem
Ninguém precisa saber de nós dois

A proposta vai além
Daquele simples porém
E foda-se o depois

Então senta sem caô ô ô ô (4x)

Share
Share